O que é certificado SSL e por que o Google quer que o seu website seja mais seguro

dripp

Atenção: As páginas sem certificado SSL serão explicitamente informadas como não seguras pelo Chrome.

Recentemente diversas empresas de tecnologia revisaram suas políticas e mecanismos de segurança, para prevenir ataques hackers e oferecer mais conforto aos usuários. No que envolve navegação na internet, o Google teve várias atualizações, entre elas está a exigência de certificado SSL em todos os websites.

A instalação do certificado é fácil e rápida. Um detalhe que vai fazer toda diferença no posicionamento orgânico, o índice de visitas e segurança do seu website.

Neste artigo você vai encontrar:

  • O que é certificado SSL?
  • Por que o Google vai priorizar sites que tenham o certificado SSL?
  • Como faço para instalar o certificado SSL?
  • Quanto custa o certificado SSL?

 

O que é certificado SSL?

O SSL (Secure Sockets Layer) é um protocolo de segurança considerado padrão internacional para troca de informações na Internet.

Essa tecnologia funciona automaticamente quando um usuário se conecta a um servidor habilitado para o protocolo. Uma forma de identificar isso é quando sua URL iniciar com “https” (o “S” está relacionado a “Secure”).

Quando o seu navegador se conecta a um servidor SSL, ele automaticamente pedirá ao servidor um certificado digital da Autoridade Certificadora (CA). Ela autentica a identidade do servidor para garantir que você não está sendo enganado, correndo o risco de enviar suas informações e até mesmo dados sigilosos para um hacker ou um site falso.

No entanto, se houver uma falha com a Autoridade Certificadora, o seu navegador irá abrir uma janela com um alerta, permitindo-lhe terminar a sessão ou continuar sob o seu próprio risco.

Assim, toda troca de informação entre você e o website com o qual está interagindo será criptografada, não podendo ser coletada por terceiros.

Em casos mais específicos, como interações com acesso à contas bancárias, o certificado também pode exigir que se comprove que o usuário em questão é legítimo, e não outra pessoa se passando pelo usuário.

Por que o Google vai priorizar sites que tenham o certificado SSL?

Até pouco tempo atrás, o certificado SSL era mais comum em websites que tinham interação com a conta bancária do usuário. Em geral, lojas online, sites com vendas, games com vendas, etc.

No entanto, percebeu-se que mesmo sem pedir dados bancários, websites podem ficar vulneráveis a ataques hackers, podem confundir o usuário levando ele para outros websites duvidosos, infectar o computador do usuário com vírus, entre outros. A inteligência para “pegadinhas” e ciladas na internet está mais popular, e por isso é necessário se homologar medidas de segurança – tanto para o proprietário do website, quanto para o visitante.

Dessa forma, o Google, principal ferramenta de buscas utilizada no mundo, irá considerar a segurança do website ao indicá-lo nos resultados de buscas. Um website sem certificado SSL poderá perder posicionamento caso seja considerado inseguro.

Ainda, o navegador Google Chrome, atualmente mais usado no Brasil, irá deixar explícito quando um site não é seguro. Sempre que o usuário acessar o website sem certificado SSL verá um alerta, avisando que as informações e interações contidas neste site são vulneráveis e o acesso não é recomendado.

Como faço para instalar o certificado SSL?

Para tornar o seu site mais seguro com o certificado SSL você deve primeiro entender qual tipo de certificado se aplica ao seu website. Você pode pedir a orientação de quem desenvolveu seu site ou de empresas que fornecem este tipo de serviço.

A Dripp pode te ajudar a identificar qual plano de SSL se aplica às suas necessidades. Entre em contato!  

Além de conhecer os tipos de Certificados SSL, também é importante que você saiba que existe mais de uma autoridade certificadora. Entre as mais conhecidas estão Comodo, Lets Incrypt, GeoTrust, Thawte e Symantec.Na Dripp trabalhamos com Comodo, Let’s Incrypt.

 

1. Validação do Domínio

É o tipo de Certificado SSL mais comum. O nível de segurança fornecido é básico, ele atua apenas validando o nível de confiança do website. É recomendado para sites pequenos, one page, institucionais e blogs pessoais.

2. Validação da Organização

Este é um certificado intermediário, pois esta modalidade faz a validação do domínio e também verifica as informações da organização.

Além dos elementos tradicionais de segurança ele também apresenta dados sobre a empresa portadora do domínio. É uma forma de validar tanto a segurança na web, quanto a existência física da empresa e sua idoneidade. É bastante indicado para sites de empresas e e-commerces de médio porte.

3. Validação Estendida

Este é o certificado mais completo. Antes de emitir o certificado é feito um exame aprofundado, tanto da empresa, quanto do site. Por isso, esta é considerada a certificação com maior nível de segurança e confiança. Além de exibir os dados básicos que as versões anteriores também apresentam, esta opção também destaca o nome da empresa na URL antes do domínio. Essa opção é recomendada para grandes empresas e lojas virtuais bastante conhecidas.

Em alguns casos, as opções mais completas oferecem até seguro, para indenizar o proprietário do website no caso de golpes ou ataques hackers.

Quantidade de domínios

É importante lembrar que os Certificados SSL também se diferenciam pela quantidade de domínios e subdomínios que podem proteger:

  • Certificado SSL de domínio único: permite que apenas um domínio utilize o certificado em questão. Se for necessário instalar o SSL em outro endereço ou subdomínio será preciso adquirir uma nova licença.
  • Certificado SSL multidomínios: permite que vários domínios utilizem o mesmo certificado, mas há um limite para a quantidade de domínios que podem ser incluídos no certificado. Este limite pode variar dependendo da empresa que o emite.
  • Certificado SSL curinga (ou WildCard): seu diferencial está na capacidade de ser usado em todos os subdomínios vinculados ao domínio principal. Assim, este é o certificado ideal para sites que possuem muitos subdomínios e que desejam ter todos eles.

 

Quanto custa o certificado SSL?

Finalmente, você deve estar se perguntando quando investimento será necessário para manter o seu website seguro com um certificado SSL.

Isso vai depender do tipo de certificado escolhido. As versões mais simples são gratuitas, após instaladas são válidas por um ano. Como a instalação depende de conhecimento técnico, você vai pagar apenas pelo profissional que irá aplicar.

Já alguns certificados mais complexos podem variar em até R$300 ao ano.

Se você tem alguma dúvida ou gostaria de implementar o certificado SSL em seu website, entre em contato com a nossa equipe! Clique Aqui

 

Fontes:
Hostgator / E-Commerce News

Sobre
Dê um olá!

Entraremos em contato o mais breve possível ;)

Recarregar