Atualização no Facebook: links de sites lentos vão ficar para trás

Facebook já declarou: O novo algoritmo da rede vai identificar quais sites carregam mais rápido quando acessados por dispositivos móveis (celular) e isso vai influenciar na visibilidade do link no feed de notícias. Entenda já!

O Facebook tem feito diversas adequações para tornar a experiência de seus usuários cada vez melhor. Uma das últimas é relacionada aos conteúdos que são compartilhados na rede.

No comunicado recente sobre uma atualização no Facebook informaram que seu algoritmo que seleciona os links e postagens que aparecem no feed de notícias vão ser mais rigorosos. Sites lentos vão ficar para trás, afinal, ao que tudo indica, ninguém mais quer perder tempo com isso.

A partir de uma análise e feedback dos próprios usuários, os engenheiros do Facebook descobriram que as pessoas ficam frustradas quando clicam em links que demoram tempo demais para carregar – quando acessados por dispositivos móveis. Ainda, de acordo com o comunicado, 40% dos visitantes abandonam o site se ele demora mais de 3 segundos para mostrar alguma informação.

A promessa é de que cada vez menos esse tipo de coisa aconteça. Uma funcionalidade que vai de encontro a essa ação é o Instant Articles (clique aqui para saber mais), lançado para os usuários do Brasil no início do ano. A ferramenta visa justamente fazer com que postagens de blogs abram de forma rápida e sem que o usuário tenha que sair do aplicativo do Facebook para ler, dando mais conforto e agilidade para o acesso.

E agora, José?

Se você utiliza o Facebook como ferramenta de marketing digital, deve se manter atento a essas mudanças. Na prática, sites rápidos com bom desempenho para acesso via dispositivos móveis não verão grandes mudanças.

Já os sites mais antigos, com o carregamento lento, poderão ter queda em seu tráfego vindo da rede social.

Vale lembrar que para o Google, a velocidade de carregamento de um site também é um fator importante para posicionamento.

Entenda os critérios de SEO do Google – Clique Aqui

Sobre
Editora de conteúdo da Dripp.
Dê um olá!

Entraremos em contato o mais breve possível ;)

Recarregar