Brainstorm: Como criar um nome para empresa (+erros comuns que as empresas cometem nessas horas)

dripp

Criar um nome para empresa é uma tarefa difícil que envolve mais do que criatividade e originalidade. Ele deve ser eficiente e não pode ter nenhum impedimento legal no futuro – é aí que muita gente leva prejuízo. Você sabe quais cuidados tomar neste momento?  

Confira esses insights que ajudam muito na hora de criar o nome perfeito para sua empresa!

1 – O nome é para o seu cliente, não para você!

Aceita que dói menos… O nome da empresa deve representá-la para o seu público alvo e pensar dessa forma pode ajudar muito na hora do brainstorm. Você sabe quem vai consumir o produto ou serviço da sua empresa?

Tenha em mente quem são as personas que você quer alcançar. Quem são? Onde vivem? O que comem? Para onde vão? Qual nome vai atrair elas?

2 – O que representa sua empresa?

Parece óbvio, mas o nome deve traduzir o que representa sua empresa, de forma clara e objetiva. Ter a lista de produtos e serviços, diferenciais do seu negócio e as suas metas bem definidas vai te ajudar a encontrar o nome ideal. Liste estes pontos!

3 – O que é um nome marcante?

Fixação de marca é algo bem importante no marketing de uma empresa e um nome marcante ajuda muito com isso. Nomes simples e curtos são mais fáceis de memorizar, por consequência, o público vai conseguir lembrar dele.

Jamais use nomes semelhantes aos do concorrente ou de marcas muito conhecidas, pois isso pode causar confusão na mente do cliente também. 

4 – Muita atenção: O nome está liberado para registro?

Se você não achou complicado até agora, vou te fazer mudar de ideia já. Um grande erro da maioria das empresas é não se preocupar com o registro de marca junto ao órgão regulador, nosso querido INPI.

A “treta” acontece quando outra empresa (devidamente registrada) com nome igual ao da sua empresa se sentir lesada pela “cópia” e exigir que você mude o nome. O prejuízo em trocar o nome, adaptar sua marca e explicar para o público sobre a nova identidade é algo que pode ser evitado se antes de tudo você conferir no INPI se o nome está liberado para registro.

Agora, se você escolher um nome que pode ser registrado terá amparo judicial para garantir que este nome será somente da sua empresa. Bem melhor, não? Tem muita gente que perde o sono com isso…

5 – Não esquece do DNS também!

Ter um website é importante para divulgar os produtos e serviços da sua nova empresa. Todo website tem o DNS (Domain Name System), endereço por onde as pessoas vão encontrá-lo. Estou falando do www.suaempresa.com.br.

Um bom DNS deve ser sugestivo, ou seja, o ideal é que seja o próprio nome da sua empresa. Porém, se um website com o mesmo nome já for registrado, infelizmente você não poderá fazer outro igual. O endereço do seu website deverá ser único e original, por isso vale conferir se ele está disponivel no Registro.br (responsável por domínios .com.br).

Partiu Brainstorm 💡

Tenha em mente (e no papel também) todos esses critérios e se jogue no brainstorm. Esta técnica estimula a criatividade e facilita o processo de encontrar um nome ideal. Reúna-se com seus sócios e equipe e junte o máximo de ideias que puder. Anote todas elas e depois selecione as melhores. Analise uma por uma até chegar na ideia finalista.  

 

Precisa de ajuda? Conte com uma equipe profissional para te auxiliar nesta tarefa! Fala com a Dripp (clique aqui). 😀

Sobre
Dê um olá!

Entraremos em contato o mais breve possível ;)

Recarregar